quinta-feira, agosto 10, 2017

[Resenha] Meus Dias com Você - Clare Swatman

Meus Dias com Você
Autora: Clare Swatman
288 páginas
Sinopse: Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta?
Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.
Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?
Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.
Sabe aquele livro que você pega para ler e já imagina que vai sofrer, porém, durante toda a leitura você torce para que esteja errada e algo diferente aconteça. Não sou uma leitora conformada, sinto ânsia de ser surpreendida e mesmo sabendo que normalmente os autores não tem compaixão eu ainda assim mantenho a esperança. Pois bem, Meus dias com Você é exatamente esse tipo de livro e eu só queria dizer que adoraria ter gostado menos da história, o baque seria menos dolorido.

O arrependimento de Zoe depois que o marido acaba acidentado é tremendo, devido a uma briga idiota ela não teve tempo nem de se despedir. Como seguir em frente sabendo que tudo poderia ser diferente se ela não tivesse sido tão odiosa por um motivo fútil? Sem saber como lidar com a dor, Zoe acaba entrando em colapso e quando desperta percebe que está revivendo novamente o dia que conheceu Ed, apesar de ser uma situação surreal ela consegue sentir que não é exatamente um absurdo e está disposta a modificar suas ações para que no fim tenha a chance de salvar o amor de sua vida.
"- Mas eu estava muito zangada com ele. E ele não tinha feito nada errado. Eu nem me despedi, e agora ele morreu e nunca mais vou poder dizer a ele quanto o amo. É tarde demais. O que vou fazer agora?"
A cada novo dia Zoe acorda em uma data crucial de seu relacionamento com Ed. Através dessas "regressões" conhecemos tanto a nova Zoe, aquela que está arrependida e ama o marido acima de tudo, quanto a amargurada Zoe, que viu sua vida tomar um rumo que não esperava. No decorrer da narrativa descobrimos aos poucos como o relacionamento de Zoe e Ed foi de um romance apaixonado a constante tensão. Algo em suas vidas foi essencial para o desgaste do casamento, o que não significa que não se amem mais, mas no limite ao qual chegaram talvez nem o amor seja capaz de salvá-los.

O que posso dizer desse livro tão amor e ao mesmo tempo tão angustiante? Só sei que o esforço de Zoe para salvar o marido é uma situação interessante de acompanhar, contudo eu tenho que confessar que achei ela uma personagem chata e sem sal, pelo menos ao que se refere a antiga Zoe. Porém, quantas atitudes tomadas por nós mesmo não quisemos ter a chance de voltar atrás e mudar de alguma forma? Quantas palavras ditas no impulso deveríamos engolir antes de ser tarde demais? E não é difícil meditar sobre determinados acontecimentos e perceber que uma simples conversa ou uma dose de sinceridade seriam importantes para evitar algo tão maior e diversos arrependimentos.
"Sempre vou desejar a chance de mudar algumas coisas, mas não posso. Então tentarei carregar comigo os momentos felizes e esquecer os ruins."
A verdade é que por estar vivendo uma situação parecida, apesar de não tão trágica quanto a de Zoe, esse livro foi especial para mim. As vezes deixamos que o esgotamento e a tensão no relacionamento com alguém, seja amoroso ou não, nos leve ao "rancor", isso nos deixa tão cansados e alquebrados que o mais fácil é deixar tudo ir ladeira abaixo. Esse livro me fez pensar o quanto tudo seria melhor se não agíssemos enquanto estamos de cabeça quente. Foi uma lição de vida.

A jornada de Zoe para "consertar" seu casamento a transformou em uma pessoa mais elevada sentimentalmente, uma mulher mais sublime. Meus dias com Você não é só um livro sobre perda e superação, mas é também uma trajetória de autoconhecimento e redenção. Uma história que eu recomendo sem sombra de dúvidas, para todo e qualquer leitor!
"Talvez seja como o efeito borboleta: uma pequena mudança em algum lugar ao longo do caminho pode criar uma transformação enorme e impactante na vida de alguém a quilômetros, ou anos, de distância. O que talvez signifique que até mesmo uma minúscula mudança hoje pode ser relevante o suficiente para evitar que eu perca meu Ed."

7 comentários:

  1. Oi Ju,
    Quero ler esse livro desde o lançamento só que ainda não tive oportunidade.
    Parece ser um livro intenso e cheio de emoções. Estou super curiosa para saber como vai terminar a história Zoe.
    Vou ler quando puder !!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju, tudo bem?
    Nossa este livro parece ser mesmo muito emocionante, e de quebrar o coração em mil pedaços. Eu sempre evito dormir brigada com as pessoas, porque eu nunca sei o que pode me acontecer ou acontecer com ela. Achei uma linda lição, quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Desde do lançamento desta obra, que quero ler o livro, me pareceu trazer ao leitor um misto de emoção, mas o mais importante e nos fazer refletir sobre como muita das vezes deixamos as brigas e o ranco falar por nos, e por isto acabamos deixando de demonstrar as pessoas ao nosso lado o quando elas são importantes para nos, e o quando as amamos. Acredito que irei me emocionar lendo esta estória, principalmente por retratar momentos como perda, superação, empatia pelos personagens, e auto conhecimento.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Esse livro entrou nos meus desejados a pouco tempo. Espero sentir o baque forte dessa leitura, pq adorei a premissa. Quero muito acompanhar a Zoe nessa mudança em relação a ela e ao casamento dela. Sinto que ela é uma personagens comum, como qualquer esposa, que encara os problemas e muda para ser uma pessoa melhor.
    Espero amar o livro *'*

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Linda resenha, muito bem escrita.
    O livro parece trazer uma grande reflexão sobre a vida e o que podemos fazer e dizer no agora, pois na maioria das vezes, não teremos uma segunda chance.
    Gostaria de ler, pois acredito que a leitura proporcione uma bonita mensagem.
    Dica anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju!!

    Imagino o quão lindo e devastador deve ser esse livro.
    Mas não estou muito na vibe desse tipo de história.
    Acho que agora estou querendo ler algo com um final feliz, sabe?
    Já li muita tristeza recentemente. Hahahahaha

    Mas quem sabe em um futuro próximo não leio esse também, né?

    Bjs!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ju!
    Gosto dos livros de drams familiares e ver que a protagonista Zoe, apesar de tudo que passaou ao lado do marido, ainda tenta resgatar o relacionamento, mostra o quanto ela é forte e traz para nós leitores, uma grande identificação, afinal, quem nunca passou por situação similiar ou já viu alguém passar por isso.
    “Para cultivar a sabedoria, é preciso força interior. Sem crescimento interno, é difícil conquistar a autoconfiança e a coragem necessárias. Sem elas, nossa vida se complica. O impossível torna-se possível com a força de vontade.” (Dalai Lama)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, ele será respondido assim que possível :)