terça-feira, junho 23, 2015

[Opinando!!!] Sobre Gêneros Literários ou... Saindo da zona de conforto!


Ultimamente andei recebendo em casa alguns livros que não fazem nem um pouco meu estilo literário. Para quem acompanha o blog sabe que geralmente passo para frente livros policiais e romances eróticos. Não me perguntem porque, mas eu simplesmente não compactuo com livros do gênero. Então, quando eles chegam eu penso, qual é a da editora por não me perguntar o que quero ler? Será que eles não percebem que pode ser apenas uma perda de tempo e dinheiro me enviar um livro que não vou gostar? Não tenho um blog e parcerias com Editoras apenas para acumular livro, faço isso porque gosto e é claro que a questão de parcerias ajuda muito, desde que eu me sinta confortável com a leitura.

Porém, isso também me fez pensar porque muitas vezes nós leitores somos tão fechados com relação a sair da nossa zona de conforto? Qual é o nosso problema em conhecer histórias com as quais não estamos acostumados? Por exemplo, antes do blog eu tinha muito receio de romances com uma pegada mais hot mas aí conheci os New Adult, e hoje é um dos meus estilos preferidos. No entanto, se você aparecer para mim com um livro classificado como erótico eu vou torcer o nariz e provavelmente dispensar, mas por que, se tenho a impressão que eles seguem a mesma pegada? Me ajuda produção estou confusa aqui!

Outro gênero que dispenso sem nem pensar muito são livros de autoajuda, contudo já li alguns que seguem essa linha e acabei gostando. Então aí está outra questão: porque não faço isso mais vezes? Porque não leio mais livros que segundo meu sub-consciente não me agradariam mas que já enfrentei e me agradaram? Acredito que isso se deva ao fato de que a nossa lista de leitura está repleta de títulos que tenham mais a ver conosco, e desviar-se desse caminho pode acarretar uma leitura desagradável, logo, por vezes nos vemos enclausurados em nossa mente fechada, sem descobrir coisas novas.

Não sei se pensar dessa forma me fará um dia seguir por outro rumo, contudo ter consciência disso já é um primeiro passo e é de pé em pé que caminhamos até o objetivo final. Enfim, há tempos venho querendo mudar esse quadro em minha vida, começando devagar estou me aventurando em clássicos (quando as leituras de parceria me permitem ter uma folga), talvez meu próximo passo seja romances policiais, ou eróticos, nunca se sabe. De qualquer forma não é ruim a imagem que estou pintando para um futuro que espero não estar longe demais.

23 comentários:

  1. Oi, Júh!
    Eu também sou um pé atrás com livros eróticos e romances frufrus, mas de vez em quando aparece um romance na minha frente e eu amo ele! Outra coisa sem explicação! kkkkkkk Mas assim como você tô me aventurando mais no gênero e aos pouco mesmo nos acostumamos a sair da nossa zona de conforto.
    Bjo, miga <3

    ResponderExcluir
  2. Bom, ainda não li nenhum livro de romance erótico, mas adoro romances, e não também não curto livros do gênero de auto-ajuda, ainda não li nenhum e já sei que se leria não ia gostar e até abandonaria o livro, o que é lamentável.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju, tudo bem?
    Acho que é a primeira vez que comento aqui. haha
    Mas eu sei como é essa dúvida. O que eu fiz pra tentar driblar esses preconceitos foi começar a fazer desafios. Eles são muito legais, porque você meio que se obriga a ler e descobre que tem muitas coisas legais, que você nunca daria uma chance. Eu estou gostando da experiência!

    Abraços!
    Petra | Na Próxima Página...

    ResponderExcluir
  4. Oiee Ju,
    Eu entendo seu questionamento e concordo com você em partes...
    Acho que nós travamos na leitura de alguns livros, pq simplesmente colocamos na nossa mente que aquele gênero não é do nosso gosto ou por ter tido uma experiência ruim com algum livro da categoria...Eu me pego por exemplo...não consigo me conectar com os livros nacionais quanto gostaria..E veja não que sejam ruins...mas tive experiências decepcionantes que hoje em dia olho meio torto para todos os nacionais ..e isso é um problema..
    Alguns gêneros nós sabemos que são bons e se lermos vamos gostar mas não nos permitimos arriscar nele..
    Acho que precisamos sair um pouco mais da nossa zona de conforto e buscar nossas opções de leitura..até pq alguns gêneros estão saturados do mesmo hoje em dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu erro grotesco de português: lemos * (não lermos)

      Excluir
  5. Ju, eu sou super aberta a todos os tipos de literatura! Leio a sinopse e peço livro sem prestar tanta atenção ao gênero, e sabe que ultimamente eu esgotei minha energia com romances de alguns tipos, não consigo mais ler, provavelmente, vou migrar para suspense e fantasia agora. Mas, quanto á editoras, eu acho que tem que ter um cuidado da empresa de saber seu perfil, seja de livros ou qualquer outro "brinde". Eu não falo muito de zona de conforto porque realmente procuro não ter nenhuma quando o assunto é literatura, mas, espero que você consiga mudar essa linha de pensamento! Sempre bom se abrir para novas experiências :)

    ResponderExcluir
  6. Pow sei bem como é. Tipo eu costumo ler quase de tudo, mas terror e romance policial não funciona muito comigo. a gente acaba se apegando tanto em algum gênero que os outros acabam não despertando nosso interesse, ou porque a experiência com algum livro desse gênero não nos agradou.
    eu por exemplo: fugo de nacionais loucamente pq quase todos eu acho que fica mega forçado, mas quando me permito ler algo as vezes acabo gostando.
    o lance é a gente se permitir a ler o livro e tals.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  7. Ola Ju creio que muitas vezes gostamos e nos acomodamos de nossa zona de conforto, eu não sou fã de Ficção Científica, mas porque não tentar né. Devido a nossa correria o tempo fica escasso, e livros que são fora de nossa zona de conforto pode ser mais demorado a ler. Mas sempre que posso abro uma brecha para gêneros novos. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Concordo com você em relação a este assunto, eu tenho muita dificuldade em sair da minha zona de conforto, diferente de você amo romances policiais e é um dos meus gêneros favoritos tanto nos livros como em seriados, porém eu simplesmente torço o nariz para romance erótico e até mesmo new adults e fantasias. Não entendo o porquê disso =/ O único romance erótico que li foi 50 Tons e não me conquistou, talvez não ter tido uma primeira experiência positiva tenha afetado meu julgamento quanto ao gênero. Já new adult até tenho vontade de conhecer e me aventurar, mas não sei por quais livros começar, mas é bem provável que eu tente sair da minha zona de conforto me envolvendo com fantasia primeiro. Espero ter sorte nesse primeiro passo.

    ResponderExcluir
  9. Oii Ju :3
    Meu problema atualmente é com fantasia, sério, antes eu curti pakas mas do nada quis ficar longe... Não sei se é pq li um livro ruim do gênero, que me fez afastar, ou porque não to com saco mesmo e-e
    Quando voltei a ler loucamente, isso em 2012, eu passava longe em romances, nossaaaaaaaaa, odiavaaaaaaaaaaa, só queria ler sobrenatural e distopia, mas ai conheci o novo adulto (como vc) e é um dos meus gêneros que mais gosto -q
    Em resumo: que loucura e-e acho que depende da minha vibe como leitora para ler um livro de tal gênero, não sei D: huahsdusad

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ju!
    Já fui mais aberta a variar os gêneros literários, mas acabei perdendo muito tempo com livros de que não gostei. Fico meio decepcionada com isso, sabe? Como minha fila tá enorme, prefiro investir em livros que têm potencial para me agradar. E quando arrisco é um risco calculado, normalmente indicações de amigos, como fiz com Caixa de Pássaros.
    Beijinhos!
    Giulia – http://www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Olá Ju, as vezes eu também tenho esse preconceito com alguns gêneros, principalmente auto ajuda e eróticos, mas de vez em quando eu tento sair da zona de conforto e ler algum. Mas acho que depende da nossa fase que sempre teremos algum gênero que fugimos =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju!
    Eu confesso ter um pé atrás com romances de época e distopias. Esse livros, normalmente, eu me forço a ler porque asei que sempre acabo me surpreendendo no final. Tem uma pilha de livros que pretendo me forçar a ler em breve, acho que sair do ponto de conforto é muito importante porque nós sempre estamos em metamorfose e é sempre bom arriscar algo novo.

    ResponderExcluir
  13. Bom, eu já li vários gêneros durante a minha vida, e tenho os meus preferidos, então é claro que com tantas coisas disponíveis pra ler e com um tempo limitado disponível para isso, costumo escolher o que mais me agrada. Mas tem gêneros em que me aventuro às vezes, embora não curta tanto, como policial e autoajuda. E sim, ás vezes me surpreendo bastante. Mas tem coisas como terror que não leio de jeito nenhum, simplesmente porque é algo que me faz mal, aí não faz sentido nenhum perder meu tempo com isso. E assim vou levando minha vida de leitora... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju, sua linda, tudo bem
    Adorei o tema que escolheu para conversarmos. Hoje em dia, eu não costumo olhar muito o gênero, eu olho mais o tipo de história, porque como você fui surpreendida várias vezes no passado, com excelentes histórias que de repente eu não teria lido se não saísse da zona de conforto. Eu procuro mais por aquilo que já sei que gosto, e lendo as resenhas dos blogs amigos, aumento e muito a minha lista de desejados risos...
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu também tenho um pé atrás com livros de autoajuda, já tentei por pra frente mas não vai KKKK É um tipo de livro que eu acho que os concelhos nunca vão funcionar para mim. Na hora da leitura até fico empolgada, mas quando começo a colocar em prática e não funciona, me sinto frustrada. Então eu fujo deles, mesmo! hahahaha
    No meu caso, eu só queria saber de romances, fantasia e romances hot, maaas conforme eu fui me arriscando, hoje sou fissurada por suspense!
    De vez em quando, me permito arriscar hahahaha

    Beijos ;*
    Proseando com uma BibliophileFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  16. Oi Ju, tudo bem??
    Eu entendo perfeitamente o que quis dizer... eu não curto muito sick-lit e nem Chick-lit, mas andei lendo uns sick-lit aqui que até gostei e me senti bem por sair de minha zona de conforto... eu sempre curti romance policial em filmes... suspense e terror, mas não tinha lido livros, mas tudo mudou em 2013... comecei a ler terror, suspense e policial e fiquei fascinada... sair da zona de conforto é bom, mas nem tanto... fica dificil de explicar... eu por exemplo não curto livros espiritas, mas acho legal disseminar essa literatura, tanto que consegui uma resenhista que curte esse tipo de leitura, então os livros que vem dessa temática eu passo pra ela... de qualquer forma... o primeiro passo de ter essa consciência já é uma grande começo... Xero!!

    ResponderExcluir
  17. Oie Jujuba!!
    Sei bem qualé a sua sensação, quando comecei a ler eu só queria ler fantasia comecei com Crepúsculo, passei para Hush Hush, depois Fallen e a Saga do Tigre, mas ai as opções do meu horizonte foram ficando escassas e eu fui abrindo meu leque de leitura, eu evitava romance de todas as formas e hoje consigo ler sem problemas nenhum, não gosto muito de policial mas leio sem problemas nenhum, da ultima vez me arrisquei com um terror e acabei gostando, erótico foi mais por extinto e posso dizer que gostei rsrs mas a vezes nessa de começar a ler novos gêneros a gente se depara com um que você pensa "onde você esteve esse tempo todo?" Foi assim que me senti quando li meu primeiro livro LGBT.
    Mas sim cada um de nós temos um gênero que nos identificamos mais, continuo adorando fantasia, mas descobri posso gostar de muitos outros gêneros!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  18. Eu só tento ler livros de outros gêneros quando estou de férias, pois imagine ler algo que não 'funfa' em um final de semestre cheio de provas da faculdade? Passa um mês e leio umas 30 páginas. Tenho uma grande vontade de ler clássicos, mas tenho receio de deparar com uma escrita rebuscada e a falta de tempo me fazer largar o livro. Mas a minha receita é ler aqueles da pilha que agrada e intercalar com livros que são um desafio para mim, como livros maiores ou em inglês.

    ResponderExcluir
  19. Hello!
    Com certeza abrir as opções de leitura nem sempre é fácil, mas podemos nos surpreender ne?!
    Eu sou o contrario, amoooo livros policiais e romances eróticos, comecei a ler por curiosidade e hoje em dia me interesso bastante.
    Auto ajuda eu ja tentei e nao deu mto certo, mas foi apenas uma experiencia ruim, nao digo que nao tentaria mais.
    Acho que tudo é questão de momento, a gente tem epocas que quer experimentar novas leituras, outras vezes preferimos ficar com os livros que temos alguma certeza que vamos gostar.

    ResponderExcluir
  20. Eu acho muito dificil um livro que não é meu genero preferido para ler. Ultimamente eu lia muito romance, depois deiei de lado e fui para aventuras, mas as vezes eu leio outros generos, mas o que eu não consigo ler de jeito nenhum é autoajuda e biografia

    ResponderExcluir
  21. Policiais são tãaaao legias Ju, da uma chance de vez em quando sim! Bom, eu acho que eu leio de tudo que seja ficção sabe? As unicas coisas que eu não leio mesmo são auto-ajuda, religiosos e de empreendedorismo porque eu simplesmente já tentei e odiei! Teve um livro desse tipo que eu curti um pouco que foi O monge e o executivo maaaas a leitura foi bem chata e não apliquei em nada na minha vida até agora. Eu gosto de sair da minha zona de conforto mas essas são coisas que eu passo longe e não me arrependo e nem quero mudar viu.

    ResponderExcluir
  22. Também não curto eróticos e nem nunca li.
    Já livros policiais eu gosto muito, nossa, acho uma leitura viciante, que prende o leitor para saber o desfecho, algo que flui.

    Auto ajuda também não curto, acho que é o tipo de livro para ler com calma, aproveitar, degustar, digerir tudo que está escrito. E eu sou daquelas que pega um livro e não descansa enquanto não termina.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, ele será respondido assim que possível :)