segunda-feira, março 31, 2014

Semana Passarinha de Conscientização do Autismo

Dia 2 de Abril é dia Mundial da Conscientização do Autismo e a Editora Valentina e alguns blogueiros aderiram a caus. Durante a semana será divulgado informações sobre a síndrome para que nossos leitores possam compreender melhor o que é uma pessoa com Autismo e a síndrome em si.

A Semana Passarinha de Conscientização do Autismo surgiu do fato de este ser um assunto pouco discutido e que merece mais importância. Para quem não sabe em Passarinha, livro lançado pela Editora o ano passado, Caitlin a personagem principal tem Autismo. Através de sua visão do mundo acompanhamos a personagem em um processo de superação da perda do irmão. Seu modo de ver e entender o mundo é simples e emocionante. Passarinha foi um livro que mexeu comigo e tenho certeza que fez o mesmo com boa parte de seus leitores.
"O autismo é um transtorno de desenvolvimento que aparece nos três primeiros anos de vida. O autismo afeta o desenvolvimento normal do cérebro relacionado às habilidades sociais e de comunicação." Fonte.
Para fazermos a nossa parte estaremos divulgando na nos Fan page no Facebook 40 curiosidades sobre a síndrome, mas para quem não pode acompanhar por lá estou disponibilizando a lista abaixo:

  • O Autismo não se Cura, se COMPReENDE;
  • Uma pessoa nasce com Autismo;
  • Uma pessoa com Autismo sente como qualquer outra;
  • Há pessoas com Autismo que falam e outras que utilizam outra forma de comunicação. Aprendê-las é muito gratificante;
  • Uma pessoa com Autismo tem capacidade de aprender e alcançar metas;
  • Uma pessoa com Autismo pode ir à escola e aprender junto com outras pessoas sem Autismo na mesma classe;
  • Autista não. Pessoa que tem Autismo, sim;
  • Da mesma forma que não há pessoas iguais, não há pessoas com Autismo iguais. O Autismo é uma síndrome muito ampla, não é uma enfermidade. Afeta de forma diferente;
  • As pessoas com Autismo tem dificuldade de entender metáforas;
  • As pessoas com Autismo desfrutam das coisas simples, reais do dia a dia;
  • Para uma pessoa com Autismo pode ser difícil pensar e se comportar de forma flexível;
  • Pessoas com Autismo prestam muita atenção nas palavras, em seus significados e usos;
  • Para as pessoas com Autismo as palavras são a primeira linguagem;
  • As pessoas com Autismo processam de forma diferente uma informação. As vezes podem demorar semanas para processá-las;
  • Para pessoas com Autismo o tempo passa muito rápido porque estão continuamente “pensando”, processando a informação;
  • As pessoas com Autismo encontram dificuldade para adaptar-se em situações de mudança. Por isso necessitam de estabilidade;
  • As pessoas com Autismo compreendem melhor as palavras se acompanhadas de imagens;
  • Para as pessoas com Autismo é muito difícil mentir, uma vez que isso implica controlar muito bem gestos e intenções;
  • As pessoas com Autismo que tem dificuldade de comunicação desenvolvem a fala ou não;
  • A maioria das pessoas com Autismo são pensadores visuais;
  • Para as pessoas com Autismo é complicado conversar, pois estão constantemente traduzindo os estímulos externos para poder compreendê-los;
  • Para as pessoas com Autismo é difícil utilizar-se de vários sentidos de uma vez quando falam, só falam, sem controlar gestos, ritmos e entonações;
  • Muitas pessoas com Autismo encontram dificuldade em interpretar ambiguidades e expressões com sentido figurado;
  • As pessoas com Autismo utilizam a imaginação para manipular imagens em sua cabeça;
  • As pessoas com autismo precisam que o ambiente em que vivem se adapte a elas para que lhes pareça seguro;
  • As pessoas com Autismo precisam que se fale com uma linguagem simples, para que as palavras sejam significativas para elas;
  • Uma pessoa com Autismo pode reproduzir literalmente conversas e fragmentos anteriores;
  • Uma pessoa com Autismo tem Memória Literal;
  • Uma pessoa com Autismo geralmente é metódica e ordenada;
  • Uma pessoa com Autismo tem pontos fracos e fortes como todo mundo;
  • Uma pessoa com Autismo sente e sofre (riem, choram, se portam bem ou mal...) porque são pessoas;
  • É necessário se informar para falar de pessoas com Autismo, não se deixar guiar por rumores, comentários, impressões ou experiências alheias;
  • Contar histórias fantásticas para pessoas com Autismo pode ser confuso para elas, pois nem todas compreendem a fantasia;
  • Pessoas com Autismo são fascinantes;
  • Pessoas com Autismo entendem o que são Flores, nuvens, árvores. Porém evitam jogos de palavras e metáforas por não entendê-las;
  • Pessoas com Autismo necessitam de apoio, mas não em tudo, pois elas tem capacidade de fazer muitas coisas por si mesmos;
  • O mundo das pessoas com Autismos não é fechado e complexo, mas simples, aberto, transparente, sem mentiras;
  • Quando uma pessoa com Autismo se “portam mal” não seja inadequado, não atribua a ela más intenções, pois não as tem;
  • Para uma pessoa com Autismo pode ser difícil entender o que lhe pedimos por não compreender. Mas podemos ajudá-los nisso;
  • O desenvolvimento de pessoas com Autismo não é absurdo, embora não seja fácil de entender, tem sua própria lógica. Muitas de suas atitudes são a forma como enfrentam o mundo a seu modo.
Para saber mais sobre o assunto visitem a ABRAAlém de se informar você encontra várias cartilhas sobre o assunto para download. Conscientize-se!

17 comentários:

  1. É sempre bom saber mais sobre esse assunto, pois muitas de nossas crianças sofrem disso. E você sabendo como deve se portar e trabalhar sobre isso ajuda muito. Boa iniciativa e espero que ajude várias famílias. O livro é ótimo e adoraria ter um pra mim. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho um amigo que ele tem Autismo, e ele é super legal. Já casou, tem filhos, e vive bem. Acho a mesma coisa que você, acho que se compreendermos o que é, e como viver com isso ( e não tentar curar, já que não é uma doença), tanto ajuda a nossa vida, quanto o faz como um igual. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu acho incrível como funciona a cabeça dos autistas, mesmo eles sendo diferentes um dos outros, eles são mais atentos as coisas, a vida, eles são sinceros, e de uma certa forma os acho encantadores, puros. E o tratamento deles é totalmente diferente o que mostrou na novela - o que achei uma absurdo - é uma luta diária. Mas isso não os deixa como minorias, e sim como guerreiros, e pessoas comuns como todos nós. Eu acho muito interessante o autismo e as matérias que saem sobre, como essa em seu blog - que eu adorei inclusive. Achei muito interessante seu post , pois li coisas que não sabia sobre o autismo, e achei muito bom. Obrigada pela sabedoria, e parabéns pelo blog :D

    ResponderExcluir
  4. Essa iniciativa é muito importante, talvez as pessoas conhecendo mais sobre o assunto deixem o preconceito um pouco de lado e enxerguem como são incríveis as pessoas com autismo!

    ResponderExcluir
  5. Meu filho de dez anos, é Asperger e muito, mas muito apegado ao irmao. Esse livro deve ser tudo. Assim que conseguir ficar empregada novamente, este é o topo da minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  6. É muito importante se informar sobre qualquer assunto, para assim acabar com o preconceito. Atualmente percebe-se a necessidade de se obter mais informações sobre o Autismo, pois muitas vezes encontramos professores que tratam de forma indevida pessoas com Autismo, agem como se fosse doença, e não só professores, mas pais, familiares etc., por isso essa Conscientização do Autismo é de extrema importância.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, muito interessante! Tem muitas coisas nessa lista que eu nao sabia, como por exemplo que é difícil para uma pessoa com Autismo mentir ou entender histórias fantasiosas. Achei a iniciativa muito bacana, pois é mesmo um assunto pouco abordado e a maioria das pessoas tem uma visão errada de o que é o Autismo.

    ResponderExcluir
  8. Eu acho muito importante a divulgação sobre o Autismo, para que assim,as pessoas passem a se conscientizar mais sobre como os autistaa agem, a melhor maneira de compreendê-los..e o mais importante é acabar com esse preconceito de achar que é uma doença, que não pensam, sentem,que não vale investir no crescimento dessas crianças..


    ResponderExcluir
  9. Não sei se já comentei no twitter, mas achei muito legal essa iniciativa da editora. Infelizmente ainda existe certo preconceito em relação aos portadores de autismo, o que é uma pena. A lista das 40 coisas é muito interessante, eu por exemplo não sabia quase nada sobre Autismo e achei muito construtivo conhecer mais sobre o assunto.

    Beijos
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Otima iniciativa. As pessoas tem a tendencia de ter medo, ou preconceito do que não entendem ou desconhecem, ao inves de procurar informação. Fica mais comodo. Otimo saber mais sobre esse assunto. Bjkssss

    ResponderExcluir
  11. muito bom saber dessas coisas sobre pessoas que tem autismo, mesmo eu não tendo contato com nenhum, pode ser que um dia venha a ter, pois nunca podemos prever, e para lidar com uma pessoa especial temos que ter toda a paciência e disposição possível.
    e preciso ler Passarinha que deve ser emocionante.

    ResponderExcluir
  12. Adorei a iniciativa de fazerem isso, de conscientizar sobre o Autismo. Por ironia da vida, comecei a ler Passarinha ontem. Juro! E estou surpresa como a protagonista vê as coisas, como são incompreendidas. Meu primo tem autismo, demorou muito pra perceber porque ele deficiente (auditivo, ou seja, não fala e nem escuta). Virou uma realidade na minha vida. Hoje comentando sobre o livro em sala, uma colega virou e disse que tinha medo. Eu realmente não sei o porquê, acho que vou mostrar esse post pra ela! Pra ver se acorda. rs Adorei o post, Ju!

    ResponderExcluir
  13. Muito interessante, grande iniciativa (: pq muitas vezes até os próprios pais de autitas desconhecem a síndrome e acabam deixando seus filhos meio que "presos" em um mundo limitado por falta de conhecimento e acompanhamento :\ e com a divulgação dessas informações sobre a síndrome eles ficam mais seguros sobre o que se passa... entendo assim né... bjimm

    ResponderExcluir
  14. Adorei a iniciativa da editora! Já gostava da Valentina antes, agora então <3 rs E adorei as 40 curiosidades. Quanto mais a gente souber, mais fácil lidar com o autismo.
    Estamos juntos nessa!
    Parabéns.
    www.doceilusao.com/

    ResponderExcluir
  15. Não conheço ninguém que tenha autismo, mas minha vontade de conhecer é pra saber mais sobre esse mundo em que eles vivem. Adorei as curiosidades, acho que é muito importante esclarecer as coisas desse modo para que as pessoas possam compreender, de fato. Autismo é uma doença que não impossibilita ninguém e é fascinante a forma que os portadores veem o mundo e tudo que os cerca.

    ResponderExcluir
  16. Legal o post! Sou estudante de psicologia, e mesmo para nós e para os profissionais é um tema delicado e difícil, pois ninguém ainda decifrou o que realmente acontece na mente de alguém que tenha autismo. Gostaria muito de ler o livro Passarinha!

    ResponderExcluir
  17. Achei muito interessante os blogueiros se organizarem para uma semana de conscientização para o autismo! É uma ótima ideia e a lista com curiosidades foi excelente para que os leitores, assim como eu, que ainda não tinham grande conhecimento da síndrome e concordo que o assunto merece mais importância! Ainda não li Passarinha mas tenho muita vontade, gostaria muito de conhecer melhor o Autismo!
    Adorei a postagem! Os blogs estão de parabéns! :)

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, ele será respondido assim que possível :)